Quarta-feira, 20 de Agosto de 2008
Devia ser.....mas nao sou.

Tenho sempre esta porra desta mania de analisar tudo e todos até ao mais ínfimo pormenor. Com certeza que após algum tempo vou acabar por encontrar algum problema em algum lado , pois nunca acredito que algo na minha vida seja simples ou simples o suficiente para correr bem.

Neste momento, casada pela 2ª vez, gravida tambem pela 2ª vez , com um emprego estável, com poucos mas bons amigos, devia sentir-me perfeitamente feliz. E nao sinto. O meu marido é uma pessoa muito especial. Tem lá os seus defeitos, mas quem sou eu , a pessoa com mais defeitos no mundo, para apontar o que quer que seja, a quem quer que seja?

Tenho noçâo que sou uma pessoa difícil , que espero que me adivinhem os pensamentos , que saibam o que quero , como se para isso bastasse um mero truque de magia. Sei que exijo muito de ti S. e nao penses que nao dou valor aos teus esforços para ires de encontro aos meus desejos por mais tenebrosos e recônditos que te possam parecer. Sei bem que fazes um esforço tremendo para que eu nao me sinta sozinha. E aprecio isto e tento retribuir.

Prometo que vou fazer um esforço por manter a cabeça levantada, embora , tu sabes quem , esteja de certeza a torcer para que algo corra mal. Um esforço para te ter cada vez mais perto de mim , estar mais perto de ti, fazermos da M. e do que vem a caminho  pessoas fantásticas.

 

S. para sempre mesmo com tempestades.

sinto-me: a aprender, a crescer
música: Dionne Warwick - Moments Aren't Moments

publicado por finalmente feliz às 23:41
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito

Segunda-feira, 4 de Agosto de 2008
Mistura de universos ou a eterna guerra dos sexos!!!!
Copiado a partir do blog da minha amiga Su.....http://e-esta.blogspot.com
 
 
 
"Estava eu a ver TV numa tarde de domingo, naquele horário em que não se pode inventar nada para fazer, pois no outro dia é segunda-feira, quando a minha esposa se deitou ao meu lado e começou a brincar com minhas "partes".

 

Após alguns minutos ela teve a seguinte ideia:


- Por que é que não me deixas depilar os teus "ovinhos", pois assim eu poderia fazer "outras coisas" com eles.


Aquela frase foi igual a um sino na minha cabeça. Por alguns segundos imaginei o que seriam "outras coisas". Respondi que não, que doeria coisa e tal, mas ela veio com argumentos sobre as novas técnicas de depilação e eu a imaginar as "outras coisas", não tive argumentos para negar e concordei.


Ela pediu-me que me pusesse nu enquanto ia buscar os equipamentos necessários para tal feito. Fiquei a ver TV, porém a minha imaginação vagueava pelas novas sensações que sentiria e só despertei quando ouvi o beep do microondas.


Ela voltou ao quarto com um pote de cera, uma espátula e alguns pedaços de plástico. Achei estranhos aqueles equipamentos, mas ela estava com um ar de "dona da situação" que deixaria qualquer médico urologista sentir-se um principiante.


Fiquei tranquilo e autorizei o restante processo. Pediu-me para que eu ficasse numa posição de quase-frango-assado e libertasse o aceso à zona do tomatal.


Pegou nos meus ovinhos como quem pega em duas bolinhas de porcelana e começou a espalhar a cera morna. Achei aquela sensação maravilhosa! O Sr. "tolas" já estava todo "pimpão" como quem diz: "Sou o próximo da fila!"


Pelo início, imaginei quais seriam as "outras coisas" que aí viriam. Após estarem completamente besuntados de cera, ela embrulhou-os no plástico com tanto cuidado que eu achei que ia levá-los de viagem. Tentei imaginar onde é que ela teria aprendido essa técnica de prazer: Na Tailândia, na China ou pela Internet?


Porém, alguns segundos depois ela esticou o "saquinho" para um lado e deu um puxão repentino. Todas as novas sensações foram trocadas por um sonoro " A PUUUUTA QUEEEE TE PARIUUUUUUU", quase gritado letra por letra.


Olhei para o plástico para ver se a pele do meu tin-tin não tinha vindo agarrada. Ela disse-me que ainda restavam alguns pelinhos, e que precisava repetir o processo. Respondi prontamente: Se depender de mim eles vão ficar aí para a eternidade!


Segurei o Sr. Esquerdo e o Sr. Direito nas minhas respectivas mãos, como quem segura os últimos ovos da mais bela ave amazónica em extinção, e fui para a banheira. Sentia o coração bater nas "pendurezas".

Abri o chuveiro e foi a primeira vez na minha vida que molhei a salada antes de molhar a cabeça. Passei alguns minutos deixando a água gelada escorrer pelo meu corpo. Saí do banho, mas nestes momentos de dor qualquer homem se torna num bebezinho: faz merda atrás de merda. Peguei no meu gel pós barba com camomila "que acalma a pele", besuntei as mãos e passei nos "tomates".


Foi como se tivesse passado molho de piri-piri. Sentei-me no bidé na posição de "lavagem checa" e deixei a água acalmar os ditos. Peguei na toalha de rosto e abanei os "ditos" como quem abana um pugilista após o 10° round.


Olhei para meu "júnior", coitado, tão alegrezinho uns minutos atrás, e agora estava tão pequeno que mais parecia o irmão gémeo de meu umbigo.


Nesse momento a minha esposa bate à porta da casa de banho e perguntou-me se eu estava bem. Aquela voz antes tão aveludada e sedutora ficou igual a uma gralha. Saí da casa de banho e voltei para o quarto. Ela argumentava que os pentelhos tinham saído pelas raízes, que demorariam a voltar a crescer. Pela espessura da pele do meu tin-tin, aqui não vai nascer nem sequer uma penugem, disse-lhe.


Ela pediu-me para ver como estavam. Eu disse-lhe para olhar mas com meio metro de intervalo e sem tocar em nada, acrescentando que se lhe der para rir ainda vai levar PORRADA!!


Vesti a t-shirt e fui dormir, sem cuecas. Naquele momento sexo para mim nem para perpetuar a espécie humana.

No outro dia de manhã, arranjei-me para ir trabalhar. Os "ovos" estavam mais calmos, porém mais vermelhos que tomates maduros. Foi estranho sentir o vento bater em lugares nunca d'antes soprados.


Tentei vestir as boxers, mas nada feito. Procurei algumas mais macias e nada. Vesti as calças mais largas que tenho e fui trabalhar sem nada por baixo.


Entrei na minha secção com uma andar igual ao de um cowboy cagado. Disse bom dia a todos, mas sem os olhar nos olhos, e passei o dia inteiro trabalhando de pé, com receio de encostar os tomates maduros em qualquer superfície.

Resultado, certas coisas só devem ser feitas pelas mulheres.

Não adianta nada tentar misturar os universos masculino e feminino. "


sinto-me: assim, assim
música: nao me lembro.

publicado por finalmente feliz às 14:15
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008
Piada gira....UI!!!!!

Hoje de manha vinha no Metro a trocar sms com o meu maridao. Como ele está a fazer o turno da noite , só sai ás 8 da matina e vem de metro e  pensei eu que haveria a hipotese de nos cruzarmos. Em sentidos opostos , claro.

 

eu         - Onde andas marido?

 

marido - Estou a chegar ao metro.

 

eu         - Ok se calhar vamos cruzar-nos sem saber.Era giro se nos víssemos!!

marido - Entao faz assim : por todos os metros que passares diz adeus.

 

Tens umas piadas muito giras . Tens , tens.

Ora bem , ao ler esta sms desatei a rir.

O pessoal no metro deve ter pensado : coitadinha....fugiu do hospital psiquiatrico.

 

E é para isto que uma gaja se casa.


sinto-me: bem disposta
música: mojito song- é aquela do anuncio na televisao da Bacardi
tags: , ,

publicado por finalmente feliz às 13:34
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Quinta-feira, 31 de Julho de 2008
Oh tempo malvado...

Eu nem acredito que estamos em Julho. É que isto nao é normal. Já a minha avó dizia que desde que o homem foi á lua , as coisas nunca mais foram as mesmas.

Ia eu a sair do metro e começou a chover....mas a chover mesmo.Nao é suposto estar um sol estúpido nesta altura do ano? Nao é suposto andarmos de oculos de sol de manha á noite?A culpa é do Socrates.

Desculpem lá mas tenho de culpar alguem. E como o rapaz já está habituado....


sinto-me: tontinha
música: sei lá....
tags: ,

publicado por finalmente feliz às 09:41
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

Domingo, 20 de Julho de 2008
como foi.....

Ola ola ola

Antes de mais obg a todos pelos vossos comentarios.

Desculpem a ausencia mas entendem que uma gaja que casou fez ontem 8 dias tem o tempo ocupado com idas a praia, namoro, idas a praia, lanches ao por do sol, namoro....enfim aquelas coisas dificeis que ninguem gosta.

Mas vamos ao que interessa: o dia do casamento.

Foi um dia de sonho. Eu e a M. fomos logo de manhazinha para o cabeleireiro. Como temos o cabelo comprido as duas fizemos o penteado igual. Ela levou flores naturais e eu um gancho muito simples de brilhantes.A minha filha ( eu sei que sou suspeita) é lindissima.Tem mesmo uma carinha de boneca. Mas no dia do meu casamento....estava um sonho. Penso mesmo que chamou mais a atençao do que eu, o que me deixa ainda mais orgulhosa.

Entretanto tive uma boa surpresa : embora os meus pais nao tenham ido, a minha mae ligou-me a desejar um bom dia e sei que ela estava a ser sincera. Foram as primeiras lagrimas do dia.

Entretanto chegaram alguns convidados e estavamos todos muito bem dispostos.

O noivo saiu e eu pude ir vestir-me porque uma noiva será sempre uma noiva e o noivo nao deve ver a sua noiva vestida antes de casar. Curiosamente nunca ouvi que nao a podia ver despida.LOL.

Bem, chegamos ao cartorio. Eu sentia-me realmente feliz. As primeiras palavras que me disse: Estás linda!!!!

A boa disposiçao reinava , a cerimonia foi curta mas bonita e emocionada.

Algumas fotos , a presença de uma amiga inesperada que me tinha ido desejar felicidades.

Chegamos ao restaurante: a primeira coisa a fazer - descalçar-me. O chao estava quente e a isso convidava. A M. fez o mesmo claro. E eu deixei.

As entradas estavam optimas. Quis saber onde estava o bolo pois vinha de fora. Pânico: ainda nao tinha chegado. Alguns telefonemas - estava a caminho.

Chegou : fiquei sem palavras para agradecer...estava lindissimo. E mais tarde comprovamos que a beleza se unia ao sabor. Fantastico!!!!

Fomos sobejamente bem servidos. Foi um casamento pequeno , cerca de 18 pessoas. Estavamos rodeados dos nossos amigos, e só isso fez deste dia um dia realmente especial.

Nao podia ter pedido mais.

 

Estou mesmo muito feliz.

 

 


sinto-me: a recomeçar

publicado por finalmente feliz às 22:05
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Quinta-feira, 19 de Junho de 2008
Carta aberta ao meu futuro marido.

Meu amor

Meu querido

Minha vida

Minha luz

Esta nossa jornada tem sido complicada nao tem?

Cheia de altos e baixos, cheia de coisas novas que aprendemos, disparates que dizemos, momentos fantasticos que vivemos.

Na noite em que nos conhecemos confesso que nao foi amor á 1ª vista ,mas pensei logo que seríamos dois grandes e bons amigos.

Hoje és o meu melhor amigo mas tornaste-te tambem a minha segurança, o colo que tanto precisava, a minha bóia de salvaçao quando quase quase me afogava.

Pedi-te que me prometesses que o nosso casamento seria para a vida.Prometeste.

Pedi-te que me prometesses que aconteça o que acontecer nos iremos sempre lembrar que casamos por amor.Prometeste.

 

E eu prometo que te amarei para toda a vida.Que serao sempre , tu e a M.(minha filha), a minha prioridade.

 

Ansiosa por ser tua esposa e por te chamar marido.....

 

Beijo na boca


sinto-me: apaixonada, ansiosa, tranquila
música: Unforgetable Frank Sinatra

publicado por finalmente feliz às 13:48
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Terça-feira, 17 de Junho de 2008
A mudar as cortinas.....

É assim...eu sou uma gaja complicada.E entao vai daí ha alturas em que necessito de sentir algo a mudar na minha vida, que é para nao ser sempre a mesma vidinha casa ,trabalho, casa, trabalho. É que uma pessoa, e uma gaja complicada ainda mais, fica farta desta merda.

Entao decidi refrescar as coisas....nao que alguem tenha reparado nao senhor mas mudei aqui as cortinas ao estaminé, com a template de casório. Achei que era adequado visto que me vou casar no dia 12 de Julho. Ta giro nao esta?

Isto foi aqui.La em casa andei a envernizar as portas.Tambem podia ter passado a ferro mas eu preferia limpar casas de banho públicas a passar a ferro.

De maneiras que é assim....a vida de uma gaja mesmo muito complicada que ninguem entende.Mas ja estou habituada.

 

 


sinto-me: Cansada.

publicado por finalmente feliz às 13:49
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

Terça-feira, 27 de Maio de 2008
Bora lá a pôr um sorriso nas vossas caras!!!!sim?

Andando por aqui a navegar, a trocar mimos e experiencias e palavras de compreensao e deparo-me com dois blogs que todos devemos visitar porque nao sabemos o dia de amanha.E uma palavra de apoio sabe sempre bem.Nem que seja de desconhecidos.

Temos um casal, A Aninha e o Tiago que necessitam  de força para enfrentar o que a vida lhes reservou ,Por isso façam o favor de clicarem mais abaixo e deixarem lá umas beijocas, sim?Entao vá!!!!

 

http://t-i-a-g-o.blogspot.com

http://my-sweet-angel.blogs.sapo.pt


sinto-me: humilde.

publicado por finalmente feliz às 21:14
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Segunda-feira, 26 de Maio de 2008
A minha mae faz anos hoje!!!!

Nao mae. Eu nao me esqueci de ti. Aprendi a viver sem ti isso sim.

Nao morreste.Pelo menos fisicamente. Mas abandonaste-me. Completamente.

E eu nao merecia.Escreveste na mensagem do teu mensager "lembrar-me de quem me ama, esquecer-me de quem me despreza".

Nao te desprezo. Nem pensar. Mas cresci. E ja nao tenho necessidade de ter a tua aprovaçao para todas as minhas decisoes. E tu nao aprendeste ainda que eu preciso de ti como uma filha sempre ha-de necessitar da mae.

Mas nao me queres. E eu resigno-me.

Ao menos sei aquilo que nunca farei a minha filha.

Se ela um dia tiver de cair para aprender uma liçao entao que caia,mas eu estarei sempre lá para a levantar.

Jamais a deixarei no chao como tu me deixaste.

 

 

 

 


sinto-me: Abatida.
tags: , ,

publicado por finalmente feliz às 10:22
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito

Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2008
o que uma mulher quer!!!(pois sim)

Uma das minhas frases favoritas: dança como se nao te estivessem a ver e ama como se nunca te tivessem magoado.

Pois sim : se me vissem a dançar gravavam-me e metiam-me no youtube como cromo.Agora a parte do amar como se nunca tivessemos sido magoados...nao é assim? Nao é suposto ser assim amar?

É claro que é muito mais facil ficarmos de pé atrás,nao arriscarmos ,nao nos entregarmos totalmente.É muito mais seguro,sem duvida.Mas isso nao é amar ,é esperar que a felicidade venha ter connosco.E esperar só se for pelo autocarro que o metro vem sempre a horas.

E eu amo como se nunca me tivessem magoado.

E sabe mesmo bem.


sinto-me: estupidamente romantica
tags: ,

publicado por finalmente feliz às 13:33
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

.quantos andam a cuscar?
online
.eu sou assim
.contos e ditos

. Exorcizar o que nos vai n...

. Filhos poderosos.

. Tantos medos ...tantas al...

. De volta...

. Welcome Obama

. Juntos.

. Ah meu querido bébé.....

. O 1º nao pode ser 2º e o ...

. O momento da verdade só p...

. Armada em boa.....que sou...

.Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags

blogs SAPO
.subscrever feeds